Google+ Followers

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Agradecimentos,

Ao Gonçalo, meu companheiro da Crítica e da Filosofia. Muitas vezes, também, a voz audível da minha consciência.

Ao Mário, eterno seguidor dos meus caminhos, sempre presente em todas os momentos da minha existência conturbada.

À Vânia Moreira Diniz, presente em todos os espaços Ecos, escritora, humanista e poetisa, que em mim fez des-poletar uma certa veia poética.

À Virgínia Fulver, mulher de todos os estares e pensares, que sempre acolheu a minha escrita poética e ensaística, com muito carinho e consideração.

Ao Dr. Henrique Oliveira, grande mestre da língua portuguesa, a nossa amada Pátria, que muito me incentivou para a publicação dos meus pensamentos.

A todos os outros, não nomeados,

Bem-hajam.


Isabel Rosete

Agosto de 2008

Sem comentários:

Enviar um comentário