Google+ Followers

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Ante-começo

Eis um livro onde o Razão fala e o Pensamento escuta todas as vozes. As vozes do silêncio, que emanam do interior das coisas-mesmas.
Na aura das essências, se move a minha escrita. Não quero o verosímil. A Verdade ambiciono.
Procuro o Ser, para além das aparências; a transparência, para além da hipocrisia.
Caminho em demanda pela chama originária que acende e ilumina o mais genuíno, o mais puro, o mais autêntico.
As mais elevadas regiões do Espírito conduzem-me ao não-dito; a sagacidade da Inteligência, ao encoberto pela trivialidade dos seres e dos estares, demagógicos, que o Mundo dominam.
Vozes do Pensamento, uma obra para mentes livres e abertas, em nome do sempre novo e do Diálogo, sem pré-conceitos; em nome da Identidade e da Diferença, apanágio dos espíritos críticos.

Isabel Rosete
Agosto de 2008

Sem comentários:

Enviar um comentário